Avaliação

A avaliação é composta por uma componente teórico-prática e por um projeto. As duas componentes são avaliadas numa escala de 0 a 20, arredondado às unidades.
Para obter aprovação à disciplina um estudante necessita ter uma classificação igual ou superior a 10 valores na componente teórico-prática.
A nota final da unidade curricular é a média das duas componentes (contribuindo a componente teórica-prática com 60% e a componente projecto por 40%).

Componente Teórico-prática

A componente teórico-prática pode ser realizada de duas formas:

Através da realização de dois testes, com duração de 2 horas cada, com consulta limitada (apenas uma folha por estudante), nas seguintes datas:
1º Teste: 6 de abril, sobre a matéria das primeiras 8 aulas teóricas e 4 aulas práticas
2º Teste: 3 de junho, sobre a matéria das 9 aulas teóricas e restantes práticas

Ou através da realização do exame da Época de Recurso, com duração de 3 horas, com consulta limitada
A nota da componente teórico-prática é obtida através de:
Média aritmética da nota dos 2 testes (em que a nota de cada teste é expressa numa escala inteira de 0 a 20), consoante o caso, ou Nota do exame.

No exame de recurso, cada estudante pode optar por:
1 - fazer todo o exame
2 - fazer apenas a parte correspondente a um dos testes

No primeiro caso, a nota do exame substitui a nota final obtida através dos teste. No segundo caso, a nota final desta componente é calculada substituindo a nota do teste correspondente pela nota obtida na parte do exame, e calculando depois a média como se da época normal se tratasse.
Os estudantes que optarem por este segundo caso terão proporcionalmente menos tempo para responder, no dia do exame.



Componente de Projeto


Este componente é realizada através do desenvolvimento, em grupo, de um projeto prático, entregue em duas fases (a 10 de abril e a 28 de maio), e respectiva discussão (nos dias 11, 12 e 14 de junho). O trabalho deverá ser desenvolvido essencialmente fora do horário das aulas, havendo apenas uma aula no fim do semestre dedicadas a esclarecimento de dúvidas finais.
Apesar do trabalho ser feito em grupo, a nota desta componente será sempre individual (e não atribuída ao grupo).
Mais detalhe sobre a avaliação desta componente pode ser encontrada aqui.

IMPORTANTE: As notas de trabalhos práticos desta disciplina obtidas em anos lectivos anteriores são válidas para a avaliação deste ano. Os estudantes que pretendam manter a nota da componente prática não se poderão inscrever em turnos práticos.
A inscrição num turno prático implica, automaticamente, a perda da nota da componente prática anteriormente obtida.